Pages

9 de jul de 2009

"Até quando a gente vai levando: porrada, porrada! Até quando vai ficar sem fazer nada?"


"Tiroteio entre possíveis integrantes de facções rivais, no Parque Presidente Vargas, em Guarus, Campos, resultou em três jovens e um adolescente detidos, além de duas armas apreendidas. Por volta das 9h20 de ontem, diversos tiros deixaram em alerta professores, funcionários e alunos da Escola Municipal Marechal Arthur da Costa e Silva, na Avenida Zuza Mota, e ainda moradores do bairro. A ação no local durou quase uma hora, mas ninguém saiu ferido.

Tenente Fernando Prazeres, lotado no 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Campos), morador no bairro, saía de casa e impediu que algo pior acontecesse. “A disputa pelo domínio do tráfico de drogas é intenso aqui entre duas facções: uma da Avenida Zuza Mota e outra da Rua Antônio Ribeiro de Castro. Um traficante tentou invadir a ‘área’ do outro e seria morto por rivais. Este foi o motivo do tiroteio. Se eu não chegasse a tempo, alguém poderia ter morrido”, informou o oficial.

Galdstony da Silva Willemen, 18 anos, se rendeu com a chegada do policial e entregou a arma que usava, um revólver marca INA, calibre 32, com seis munições, sendo três intactas e outras três deflagradas. Em seguida, outros policiais chegaram para dar apoio ao tenente, ocasião em que os outros suspeitos foram perseguidos. Um adolescente de 16 anos foi encontrado dentro de um carro abandonado num terreno baldio, na Rua Expedicionário João de Carvalho; Osvaldo Viana Caldas Júnior, 27, fugiu para a própria casa, na Zuza Mota. Com ele, a Polícia apreendeu um revólver, marca Taurus, calibre 38, com três munições intactas.

Já Jonas de Souza da Silva, 22, foi reconhecido pela Polícia por suspeita de integrar uma das facções e acabou detido. “Não sei quem integra qual facção. O que sei é que hoje foram presos integrantes das duas facções”, finalizou o tenente da PM. "

Fonte: Jornal O Diário 10/07

Comentário da Blogueira:
Nossa cidade segundo pesquisa da UENF já conta com mais de 35 áreas consideradas de favelização. O tráfico de drogas promove tiroteio por disputas de pontos. Assaltos acontecem todos os dias, mortes de jovens na cidade já somam mais de 63 de janeiro deste ano até agora. Diante desse cenário me pergunto: "Até quando?"
O porto do Açu está sendo construído e nossas cidades crescerão ainda mais, e a questão da segurança como ficará? Se daqui há 10 anos nossa cidade virar um caos conpleto, todos nós seremos responsáveis. Todos os que não se posicionaram, todos nós que nos acomodamos, que aceitamos como natural ver machete de morte, de assassinato de jovens! Nossos jovens estão sendo exterminados diariamente e alguma coisa precisa ser feita. Não podemos ficar de braços cruzados!
Será que não somos capazes de nos indignar? Nos acostumamos e vamos aceitar o exterminio como normal?

Temos um sonho... mas sozinhos não fazemos nada! Nossa sociedade, nossas entidades precisam se organizar em torno de um movimento que efetivamente cobre das autoridades ações concretas para a segurança!
Somos formiguinhas operárias, ainda acreditamos que uma Campos melhor é possível, mas sozinhos não mudaremos nada, não é a simples ação da PM que mudará nossa cidade... Estamos fazendo a nossa parte, mas precisamos de politicas públicas para nossa juventude! Politicas públicas que mostrem para os jovens o caminho do bem, o caminho da paz, o caminho da oportunidade de qualificação e do emprego!

Estamos na luta! Na semana que vem de 15 a 17 de julho iremos a conferência estadual de Segurança Pública, e os jovens eleitos na Conferência Livre organizada pela UJS que aconteceu no último dia 30/06 irão ao evento represetnando toda a juventude Campista. São os estudantes Hugo Ribeiro Linhares de 15 anos , da Escola Estadual Dr. Thiers Cardoso e Rodrigo Lopes da Costa Maciel, de 16 anos do ISEPAM.

A juventude não está conformada com o noticiário de violência em nossa cidade. E está se movimentando, buscando alternativas, iremos para essa conferência para debater e ouvir experiências para a segurança pública em todo o Estado, mas o anseio é apenas um: Basta de Violência! A juventude quer paz, educação e emprego!


Deixo aos amigos leitores o clipe da música do Gabriel Pensador, "Até Quando?" que em 2001, embalou a primeira passeata que ajudei a organizar como aluna da escola estadual João Barcelos Martins por melhorias naquela escola, na época mil alunos marcharam da escola ao Boulevard no centro da cidade... tempo bom que deixou saudade...


3 comentários:

Herval Junior disse...

Até quando?
Quem quer paz , tem pressa...

celivania disse...

Apesar de não ser campista amo essa cidade. Me recordo que quando morei em Campos (1990) podíamos andar de bicicletas à noite, passear na praça... tranquilamente. Hoje quando tenho que ir lá fico com medo de andar, mesmo que pela manhã.
Campos precisa mudar se não teremos que continuar a perguntar, até quando...?

Laguardia disse...

PASSEATA VIRTUAL #FORASARNEY
Quarta-feira, dia 15, das 15h às 16h horas.

Local: Na internet.

Ponto de partida: Seu computador, telefone celular, PDA, qualquer aparelho que possa enviar uma mensagem de e-mail, SMS, Twitter, etc

Ponto de chegada: Congresso Nacional

Sarney: sarney@senador.gov.br

Senadores: e-mails aqui ou aqui para enviar a todos os senadores

Como vai funcionar: Na quarta-feira no intervalo das 15h às 16h horas, você que tem um blog, site, Twitter, celular, etc, deverá estampar um “banner” ou selo com a mensagem “#forasarney” e enviar o máximo de mensagens ao Senado.

Clique e envie e-mail aos senadores!
As informações fora repassadas para este Blog pela atuante Gusta do Reaja Brasil.
Valeu, Gusta
----------------------
Maiores informações,
aqui. Blog #forasarney .